segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Uma aventura do Team Santos


Este domingo fomos até à Pia do Urso mais propriamente ao Centro de BTT que instalaram e com umas condições espetaculares.
Chegados ao centro de BTT fomos inspecionar as instalações que são 5 *****, mas a hora de partir estava mais que atrasada, o dia ia prometer muito sol e a serra não perdoa, visto que não íamos fazer nenhum dos percursos que estavam marcados, o percurso dava perto de 50km e era o que tínhamos no GPS.

Lá decidimos sair em direção aos trilhos com uma passagem por dentro da aldeia até chegar à primeira parede do dia o que até foi bom para aquecer os músculos dando de seguida a um belo single, indo parar a uma aldeia sossegada.



Fizemos um pouco de alcatrão até entrar nos trilhos e ai o primeiro furo na minha bike, estava a começar bem, remendado o furo lá seguimos entre um sobe e desce e estradão fomos até à primeira subida digna do dia, um single com muita pedra mas muita pedra até dava para chatear e assim tinha começado o reino da pedra, percorremos quilómetros e quilómetros de carreiros com pedra até chegar ao desafio do dia, a descida de Downhill de Porto de Mós mas que loucura.


A Sandra até agora tinha vindo bastante satisfeita com o seu desempenho agora ia-mos ver como se ia portar naquela descida e com a sua calma lá foi descendo fugindo pelas escapatórias pois os drops ainda eram altos, chegando ao final com a adrenalina nos pícaros, eheheh…, o André esse voava por ali a baixo só parando no final e era porque não conhecia o percurso.


Aventura continuava e o nosso próximo destino estava marcado (Alcaria), a povoação onde íamos beber algo fresquinho a temperatura já se fazia sentir mas até lá ainda ia-mo nos divertir entre sobe e desce sendo o percurso todo ele bastante técnico sendo a pedra a maior dificuldade e ao final de alguns quilómetros chegámos ao café para matar a fome e beber algo fresco, sem demorar muito bidons cheios estava na hora de partir para o desafio maior, o pior ainda estava para vir, faltava subir até à serra de Alvados e o resto do percurso assim aconteceu, o sol estava abrasador a subida era longa mas foi compensadora, chegados ao topo a vista é deslumbrante todos os carreiros levavam-nos a ver paisagens maravilhosas parando ainda no topo da Fornea para tirar umas fotos e o tempo era de andar mas por pouco tempo, mais um furo na minha bike, mais uma câmara e cá vai disto, mais uma subidita inclinada com pedra e o nosso sonho era um pouco de estradão, entre muros e mais muros todos de pedra que serviam de cerca para o gado lá fomos até à encosta de Alvados, um single em que nada podia falhar só cabia a roda e ao maior descuido dava direito a cair até às profundezas do vale ai nós abrandamos o andamento não fosse acontecer o pior, o sol estava abrasador mas continuávamos não havia volta a dar o corpo começava a ficar amassado, mas tínhamos que seguir em frente e não sabíamos o que íamos apanhar ainda, a água começava a escassear o André já não tinha água e atacava nos nossos bidons até que chegados perto de umas casas fomos pedir água que nos foi cedida gentilmente por uma senhora, já nessa estrada reparámos que estávamos perto das grutas de Stº Antonio, mas tínhamos que seguir sendo o nosso objetivo agora Mira de Aire, mais umas paredes e umas paisagens de cortar a respiração até chegar ao single que nos levava encosta a baixo até à povoação de Mira e ai apanhámos um pouco de alcatrão até ao cruzamento que nos levava até à Pia do Urso mas até lá havia mais um furo na minha bike, ainda fui dando ar mas não havia hipóteses tinha de ser substituído por mais uma câmara, já reparado lá seguimos nós estávamos perto do final e isso dava-nos ânimo para andar um pois mais e ao fim de alguns quilómetros chegávamos ao ponto de partida satisfeitos da nossa aventura e massacrados devido a tanta pedra e à condução.

Foi hora de colocar as bikes no carro e ir beber e comer algo que há muito precisávamos.
Foi um dia de loucura total e de desafios que nós não estávamos habituados nem um pouco, pois fomos ao reino da pedra e safámo-nos sem cair.



Dava vontade de ficar por ali a apreciar a paisagem.

Só no final é que consegui tirar as fotos pois toda a atenção era pouca eheheh...



Liiiiiiinnnnnddddoooooo...





Mais um single espectacular


A paisagem foi sempre espectacular












Até dá gosto furar com uma paisagem destas.

Já de regresso à Pia do Urso para beber algo fresco.

Não percam a próxima aventura que nós também não.

domingo, 12 de agosto de 2012

Ida aos Moinhos



Desenhado um trajecto novo no Google lá decidimos pela manhã de domingo sair em direcção aos Moinhos da Pena.
Ia ser a estreia do jovem na visita, o dia apresentava algumas nuvens tudo indicava que ia-mos apanhar um belo dia de btt. Alguns trilhos já eram conhecidos, mas outros não, entre caminhos, singles e um sobe e desce lá ia-mos curtindo o percurso e apreciando a bela paisagem sempre com a serra como pano de fundo, ao fim de alguns quilómetros parámos num café para a nossa Coca-Cola para retemperar as forças pois a seguir tínhamos que subir até à Pena para podermos apanhar um single fantabulástico com bastante pedra que nos levava até bem perto dos moinhos.
Chegados aos moinhos foi hora de mostrar ao André toda aquela paisagem e tirar as fotos da praxe e estava na hora de pormos ao caminho em direcção às eólicas para de seguida começar-mos a rumar até a casa pois estava ainda na agenda ver a prova de bbt dos J.O., onde o David Rosa ia competir com os melhores e foi assim que aconteceu divertimo-nos e vimos o nosso atleta a chegar em 23º lugar numa prova de loucos.



Uma subida que devia dizer "PUXA"


Linda a paisagem




 A hora da Coca Cola


Chegou a hora da pedra



Chegados aos moinhos


Hora de rumar às eólicas




Foi só ar puro, paisagem de cortar a respiração



Olha que dois :)


Mais um sigle longo


Já de volta até casa




Bons treinos

domingo, 5 de agosto de 2012

Voltinha pelos Vargos

O nosso primeiro video eheheh...

video


Finalmente voltámos aos trilhos depois umas merecidas férias estamos de volta e a prova disso foi a manhã bem passada em família e assim decidimos fazer a voltinha dos Vargos como nós chama-mos ao percurso, a manhã encontrava-se fresca e com algumas nuvens que tornou tudo mais agradável, entre subidas e descidas aproveitando os poucos singles que apareciam ia-mos divertindo na maior cavaqueira e ganhando animo para mais uma semana de trabalho que ai vem. 


Aqui ainda no Entroncamento



Num single agradável


A paisagem sempre fantástisca


Curtindo os trilhos




Mais passeios viram pois estamos de volta.


Bons treinos